Instalações elétricas residenciais, você está seguro?

Antes de mais nada, já imaginou como se sentiria se sofresse uma acidente em sua casa? Um acidente que envolva eletricidade… E que alguém que faça parte da sua família se machucasse. Poderia ser uma situação muito triste, certo? E se eu te falar que pode descobrir como evitar que isso aconteça agora mesmo? Apenas com um projeto de instalações elétricas residenciais.

Você sabe como um projeto pode salvar a sua família, bem como, os seus amigos e até o seu pet? Mecanismos de proteção bem feitos evitam acidentes, reduzem riscos à vida das pessoas. Conheça as proteções que são elaboradas em um projeto.

Com o objetivo de garantir a segurança das pessoas e o bom funcionamento, as instalações elétricas residenciais devem ser projetadas e construídas conforme a ABNT NBR 5410.

Imagem usada para representar instalações elétricas residenciais

Proteções em um Projeto de Instalações Elétricas

A NBR 5410 descreve a forma certa de instalação e uso de recursos como dispositivos DR, sistema de aterramento e DPSs. Cada um destes recursos tem sua importância e deve atuar para que se possa alcançar um nível de segurança aceitável, e por isso o projeto de instalações elétricas é importante.

Proteção contra Surtos

Quando chove muito forte, muitas pessoas têm o hábito de tirar todos os aparelhos eletrônicos da tomada, para evitar que aconteça o surto elétrico. O surto provoca a queima de dispositivos elétricos devido à descarga elétrica. Mas, a fim de evitar esse problema, existe o Dispositivo de Proteção contra Surtos.

Os DPSs identificam sobretensões na rede de energia. Assim, esses dispositivos desviam as correntes de surtos capazes de queimar os aparelhos de uma casa que estiverem ligados na tomada.

Inclusive, com o crescimento do uso de lâmpadas LED nos ambientes por causa de sua eficiência energética, é recomendável utilizar o DPS. Já que, esse tipo de lâmpada é mais sensível ao surtos e sem um dispositivo de proteção sua vida útil está prejudicada.

Mas, não é só com chuva que acontecem esses surtos na rede elétrica. Além do efeito dos raios, o surto pode acontecer por manobras na rede realizadas pelas companhias de energia tanto para interromper a distribuição como também no reestabelecimento da alimentação de um local.

Então, se as instalações elétricas de sua residência forem projetadas baseadas na NBR 5410, sua casa estará protegida contra esses surtos. Logo, você não precisará se preocupar em retirar tudo da tomada quando estiver no meio de uma tempestade.

Proteção contra Choques Elétricos

Para proteção contra fugas de corrente, utilizamos um dispositivo DR. Uma fuga de corrente acontece quando a corrente elétrica encontra outro caminho para seguir para o terra que não seja o condutor neutro. Choques elétricos, condutores mau isolados ou em contato com carcaças causam isso.

Portanto, o Dispositivo DR é usado para identificar essas fugas de corrente, e assim desligar o circuito imediatamente. DR é a abreviação para Diferencial Residual.

Dessa forma, ele serve para evitar que alguma pessoa sofra um choque, garantindo a segurança da instalação elétrica. Em vários casos, ele é dimensionado a uma fuga de carga máxima de 30 mA. Um ser humano pode suportar essa corrente sem maiores danos ao corpo.

Além disso,o disjuntor DR também pode detectar fugas de corrente por fios sem proteção que estejam conduzindo ou estejam em contato com carcaças de metal que proporcionam um caminho alternativo para a terra.

Então, por exemplo, numa casa que possui essa proteção, crianças que por descuido tivessem acesso a tomadas baixas estariam protegidas de um acidente fatal.

Sistema de Aterramento

De tudo que eu já falei aqui, o aterramento é o mais importante. E não é por proteger de tudo que eu já disse. Ele é importante por garantir que os mecanismos que eu já citei atuem da melhor forma. Um bom aterramento faz um DPS ou DR atuar da melhor forma possível.

Um sistema de aterramento possui de forma básica três papéis. O primeiro é proteger em caso de chuva com fortes descargas atmosféricas. Se houver uma descarga, o aterramento irá proteger o usuário do equipamento que está em uso, de maneira que seja criado um fluxo alternativo para a passagem da corrente elétrica em direção à terra.

Neutralizar carcaças de metal é o segundo papel do aterramento. É comum ocorrer o acúmulo de cargas eletrostáticas, havendo a necessidade de escoar essa carga em direção à terra. Um sistema de aterramento bem feito, garante a segurança da vida das pessoas evitando choques por contato indireto com as partes metálicas que estão conduzindo eletricidade.

E como já falei, o terceiro papel está em fazer os outros mecanismos de proteção funcionarem melhor. Dessa forma, um bom aterramento fará estes dispositivos atuarem de forma precisa quando necessário, evitando acidentes.

Se você se interessou e quer saber mais sobre um projeto de instalações elétricas, eu te recomendo esse texto aqui: Projeto de Instalações Elétricas: O que você precisa saber?

Por fim, e caso tenha interesse em um projeto de instalações elétricas residenciais bem feito, com um preço bom, entre em contato com a gente, para obter um orçamento de graça e realizar o seu projeto!

Solicite orçamento de laudo luminotécnico

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *