Muitas coisas na nossa sociedade diferenciam-se por cores, semáforos, lixos recicláveis e, inclusive, os fios que formam a instalação elétrica de um local. Dessa forma, a NBR 5410 estabelece o padrão em vigor. Mas isso não é um problema, nem um bicho-de-sete-cabeças, muito pelo contrário, a cor dos fios elétricos são de fácil compreensão.

cor dos fios
Exemplo de um quadro de distribuição. É perceptível a diferença de cor de cada fio que forma a instalação elétrica.

Primeiramente, a necessidade da segurança no manuseio e nas futuras manutenções exigiu a criação de cores para os seus respectivos isolantes vamos conhecer os 4 protagonistas: o Terra, o neutro, o fase e o retorno. Nesse sentido, cada um fios elétricos possui uma função única no circuito e a cor é muito importante para que exista a identificação.

Terra

É perceptível a semelhança entre as palavras terra e aterramento, logo, é seguro afirmar que ele possui a função de proteção. Dessa forma, o cabo atua na eliminação de fugas de energia desequilibrando as fases na rede externa e previne contra choque elétrico através do contato humano com a carcaça (parte metálica) de equipamentos sem isolamento. Tendo isso em vista, a cor verde ou verde-amarelo, conhecido como brasileirinho, são as correspondentes do terra.

fio-eletrico-verde-eletrojrfio-eletrico-brasileirinhoeletrojr

Neutro

O próximo personagem da história é o neutro, ele aparenta ser  um pouco problemático, mas é bem simples. Curiosamente, apesar desse fio fazer parte da rede elétrica, como o nome sugere, ele não possui carga. Na realidade, além de fechar o circuito, ele também estabelece uma referência para criar um circuito de 127V. A cor que represente o nosso querido neutro é a azul!

fio-eletrico-azul-eletrojr

Fase

Cuidado! Você sabia que 0,08A são suficientes para cessar a sua respiração? Desse modo, presento a vocês, o integrante mais perigoso do grupo, a fase.  A função desse cabo é justamente conduzir a corrente elétrica para os locais desejados. Normalmente, eles possuem muito mais corrente do que o necessário para causar danos letais. Dado o exposto, é de suma importância conhecer a sua cor, pois esse será um ótimo meio para localizar o componente mis perigoso do circuito. Por fim, a fase é um coringa, isto é, ela pode assumir qualquer cor que não seja uma das mencionadas anteriormente, mas ela tem suas preferidas. Dessa forma, marrom, vermelho e preto são as mais comuns.

fio-eletrico-marrom-eletrojr

Retorno

Chegamos ao último e mais tímido condutor, o retorno. Certamente, você pode estar se perguntando o porquê dele ser tímido. Bem, a explicação é bem simples, esse fio apenas está presente no circuito de iluminação. Nesse viés, ele tem a função de ligar um ponto de iluminação ao interruptor. Consequentemente, o funcionamento de uma lâmpada, por exemplo, é intermediado pelo retorno, já que ele conduz a corrente elétrica. Portanto, é correto afirmar que o condutor retorno funciona como um fase, pois ele, até certo ponto, conduz corrente quando uma pessoa aciona o interruptor e fecha o circuito. Logo, é válido afirmar que a mesma regra do condutor fase vale para o neutro, ou seja, qualquer cor é válida, com tanto que não seja azul nem brasileirinha. Lembrando que a timidez do neutro faz que ele apareça apenas e circuitos de iluminação!

fio-eletrico-vermelho-eletrojr

Por fim, essa foi a apresentação das nossas 4 figuras. É de suma importância que a sociedade saiba diferenciar os fios pela cor. Felizmente, a segurança é um fator muito priorizado hoje em dia, então, ao ver fios expostos, você será capaz de orientar sua família e seus colegas. Contudo, saber as cores não te torna uma pessoa capacitada em manutenção e manuseio, não podemos brincar com a natureza! Por isso procure sempre um profissional qualificado sigas as normas e utilize os equipamentos de proteção para qualquer trabalho que envolva eletricidade.

Confira também!

Choque elétrico: você conhece os seus riscos? e O que é curto circuito e como pode causar problemas/incêndios