raio-na-fazenda-vacas-mortas-eletrojr

Vacas mortas por raio? Entenda esse fenômeno

O inverno acabou de chegar, e com ele diversas notícias sobre tempestades com raios e trovões surgem nos telejornais e timelines de nossas mídias sociais. Dentre tais notícias temos uma recorrente: vacas mortas por raios no campo. Este evento, apesar de comum, ainda é bem desconhecido, o que pode acarretar em ainda mais acidentes desse tipo.

Para servir de ajuda no entendimento, e possivelmente também, na diminuição de ocorrências, precisamos entender os motivos pelos quais ele ocorre. Confira abaixo!

Como raios atingem vacas?

Para contextualizar, é necessário entender que os raios procuram o caminho de menor resistência entre sua origem e ponto de destino. Nuvem e terra (não necessariamente nessa ordem) e que em locais abertos, árvores, por exemplo, cumprem bem esse papel, já que são superfícies pontiagudas em meio à uma superfície plana. Com isso, é possível entender melhor como acidentes que terminam com vacas mortas, acontecem.

Em geral, esses animais vivem no campo e procuram abrigo debaixo de árvores quando uma tempestade começa. Por conta disso, recebem a descarga elétrica dos raios.

O que muitas pessoas não sabem, é que elas não são atingidas diretamente por eles, e sim pela sua descarga indireta ao atingir a superfície. Nesse sentido, é possível pontuar alguns fatores que contribuem para que acidentes desse tipo acabem em vacas mortas.

O primeiro deles, como já foi dito, envolve a proximidade entre as vacas e árvores no campo. O segundo, como você deve imaginar, é a condição molhada do solo no qual as vacas pisam durante a tempestade.

Isso porque a água é um forte condutor de eletricidade, o que contribui para a condução da energia para o corpo do animal.

Já o terceiro fator, menos conhecido, diz respeito às quatro patas das vacas. Por serem quadrúpedes, esses animais permanecem com as quatro patas ligadas ao solo, o que favorece a ocorrência de uma maior tensão transitando os seus corpos e uma quantidade maior de corrente elétrica passando por eles. Dessa forma, tais animais tornam-se alvos fáceis de raios durante tempestades.

O que fazer para evitar acidentes desse tipo, com vacas mortas?

Antes de tudo, é preciso entender o que é um para-raios e para que ele serve. Em resumo, O Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas (SPDA), popularmente conhecido como sistema de para-raios, é uma instalação que protege espaços e estruturas dos efeitos gerados pelos raios. Temos aqui, um texto completo que fala tudo sobre SPDA.


E como se consegue esse efeito em um campo com vacas, por exemplo? Para isso,  orienta-se colocar um metal a cada cem metros de campo, a fim de servir como para raios e evitar que esse tipo de acidente aconteça.

Gostou desse conteúdo? Temos mais alguns posts interessantes para você:

Prevenção de incêndio, como evitar que eles ocorram?

O que atrai raios? Como se proteger deles?

Como foi feito o Laudo de SPDA para o Farol da Barra, ponto turístico soteropolitano?

O que é Aterramento Elétrico: entenda tudo sobre esse sistema!

 

Escreva um comentário